Comanda-Me, Senhor


A estória da vida de Jesus é comovente e de rara beleza, se a pessoa foi dotada de compreensão para perceber e se puder ver o propósito e a missão de Cristo nesse mundo. Jesus tentou, por muitas vezes, exprimirse com expressões humanas, mas percebeu que Sua natureza era muito imprópria para ser ouvida. Você já se perguntou o que exatamente Jesus quis dizer nessa declaração: “Seus ouvidos são insensíveis para ouvir” (Mt. 13:15)? Bem, tenho refletido muito acerca dos ensinamentos do Senhor e aprendi que Ele se referia essencialmente à capacidade de compreensão.

O Apóstolo Paulo mencionou a mesma coise em suas escritas, em que disse que devemos compreender a altura, largura e profundidade de Deus e do Seu amor. Compreender o amor na profundidade, largura, comprimento ou altura, é compreender a Deus, porque Deus é o Espírito do Amor. Entregar-se plenamente ao Amor de Deus é completar-se n’Ele, isto é você se unifica em Deus.

Sofrer a debilidade durante as orações e jejuns é alcançar o vigor de Deus. Há três forças principais: a força Divina (de Deus) — força angelica (dos anjos) e força humana (do homem). Há também três mentes: mente de Deus — mente de Satanás (anjo) e mente do homem. Satanás é um anjo caído.

Jesus disse que segundo a fé do homem, assim será para si. E Ele tentou revelar que Ele Próprio era o Primeiro Herdeiro e que fora dotado de poder ou encarregado de toda glória, sublimidade e poder de Deus; e que, reciprocamente, Ele trocara de lugar com os crentes por força da translação, e estes se tornaram membros do Corpo e foram designados a completar a plenitude da estatura. Ora, no mínimo, Jesus queria nos dizer que Deus é o Espírito de poder, amor paz, alegria, vigor e vida eterna.

Pelo uso da nossa vontade pessoal, depois de convertide na vontade de Deus, Ele produz a fé Cristã. Assim, nossa vontade, que é a fé de Cristo, ou a vontade de Cristo em cumprir o Desejo de Seu Pai, assume o controle e comanda o Espírito de Deus a empenhar-se em favor da humanidade ou de suas necessidades. A vontade de Deus é transformar a nossa fé na fé de Cristo, a qual é a fé de Deus; e que a nossa fé possa mandá-Lo (Deus, o Espírito) cumprir o que se refere à obra de Sua mão, que é o intuito da vontade de Deus.

O Próprio Deus, Jesus Cristo, se fez um corpo de muitos membros. Jesus é a cabeça e nós somos os muitos membros desse grande corpo. Ora, esse grande corpo não tem limites ou restrições de vida. Ele deve comandar e controlar todo o ceu e toda a terra. Logo, podemos inferir que Deus tem dado, por Sua antevisão, todo poder no ceu e na terra à mente e aos membros do corpo (a igreja, que é o corpo de Cristo). Eis por que Cristo disse nos dias de Seu ministério que todas as coisas são possíveis e que você pode fazer todas as coisas, apenas sendo um dos fiéis Cristãos. Em outras palavras, você já não tem restrição nenhuma; é que você está no controle do ceu e da terra.

Para governar, precisamos ser aprimorados das nossas experiências do nascer-denovo, como uma criança em Cristo, para a plenitude da estatura do corpo e para a consciência da completa estatura ou completa mente de Cristo Jesus. Lemvre-se: Deus nos é revelado em partes (pois conhecemos em partes), ou seja, procuremos nos render a cada parte que nos for refelada. O poder e a consagração nos são dados à medida em que nos desenvolvemos; assim, fica ao nosso arbítrio a quantidade de poder que recebemos e que se origina da percepção Divina. A noiva de Cristo, o corpo de muitos membros que se liga à cabeça, vai amadurecer até a conclusão absoluta (unidade com a Palavra), pois a noiva está conciliada com seu esposo, ossos dos Seus ossos e carne da Sua carne; mas o mundo da igreja será visto como a uma criança: imperfeito no saber, não causará nenhum entusiasmo ou translação, somente cairá na adversidade, porque as crianças aprendem a obedecer pelo castigo ou pelas coisas que vêm a sofrer. Você será completo, segundo o que tem sido vevelado, se tiver confiança, submetendo-se à fé de Cristo pelo entusiasmo.

Quando descobri todas essas verdades, depois de esperar em Deus e escutar Sua Voz por muitos anos, finalmente pude dizer: “Deus, eu descobri a plenitude da estatura”, e adormeci, e Ele então me mostrou numa visão ou sonho naquela noite, que eu havia reconhecido a verdade. É a amplitude da Revelação de Jesus Cristo!

Desejo vivamente testemunhar a evidência dessas verdades na igreja ou corpo de Cristo, pois eu sei, a mim me foi revelado, que o fim do mundo está próximo e nada pode ser permitido senão o entusiasmo.

Por Irmão George Leon Pike Sr.

Esta mensagem e publicada para distribuiçao gratuita. Para receber mais cópias, escreva para o endereço abaixo, informando a quantidade de folhetos que você precisa.

POR9904T • PORTUGUESE • COMMAND THOU ME

Santidade Ao Senhor